h1

Semestral 2, 1916

setembro 20, 2009

44

L’Illustration

A dança nas trincheiras começam a brilhar para os Aliados, com 12 quilômetros avançados, os militares começam a empurrar o inimigo para longe. Na frente oriental ganhamos um novo aliado ou mesmo Aliado, os romenos integraram as linhas sobre o inimigo. O maior sucesso ficou por parte da frente da Mesopotâmia, da Palestina para muitos, onde os Aliados escreveram o capítulo da vitória na península de Sinai e agora marcham rumo à Jerusalém.

Os avisos dos norte americanos amedrontaram o inimigo e a Marinha Alemã já não causa problemas.

Die Wochenschau

Contratempos tornam difíceis e pesarosas as campanhas na frentes de batalha. Uma pequena vantagem da frente ocidental alemã na batalha em Verdun, que durou 10 meses, não foi capaz de esconder o contratempo na investida inimiga junto às trincheiras do rio Somme no início de julho. Entretanto, os militares alemães afirmam que os 12 quilômetros de recuo da frente alemã não valeram as 620 mil baixas que o inimigo sofreu, sendo 60 mil apenas no primeiro dia da batalha. A frente oriental também sofreu com a investida russa sob o solo conquistado ano passado, apesar de humilhar os romenos, que entraram na guerra em agosto mas logo foram rechaçados. E para completar o semestre difícil, nossos aliados turco-otomanos fizeram investidas em falso na sua campanha sobre a Palestina e o Canal de Suez.

A ameaça norte americana de entrar na guerra mantém a campanha náutica alemã menos ofensiva.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: