h1

Império Austro-Húngaro Vs. Prússia

setembro 5, 2009

1
2

Folha Prussiana

Após um grande período dividida em vários estados confederados a Alemanha finalmente voltará a ser apenas uma. Prestigiado com o cargo de primeiro ministro da Prússia (Estado alemão com maior poder econômico e militar, superando o Império Austro-Húngaro), o chanceler Otto Von Bismarck, conhecido também com o “Chanceler de Ferro”, tomou a missão de promover o processo de unificação alemã. Em 1864, entramos em guerra contra a Dinamarca e assim conquistamos territórios perdidos durante o Congresso de Viena (congresso onde ocorreu uma conferência entre embaixadores das grandes potências européias que teve lugar na capital austríaca (Viena), em meados de 1815, cuja intenção era redesenhar o mapa político do continente europeu após a derrota da França napoleônica na primavera anterior, iniciar a recolonização, restaurar os respectivos tronos às famílias reais derrotadas pelas tropas de Napoleão Bonaparte e firmar uma aliança entre os signatários). Posteriormente, em 1866, nossa Prússia entrou em guerra novamente, dessa vez contra o Império Austro-Húngaro, saindo mais uma vez vitoriosa e criando a Confederação Alemã do Norte excluindo a Áustria. Desse modo nós, o povo prussiano, passamos a ser os detentores de maior influência política entre os estados germânicos.

Diário Austro-Húngaro

Nossos territórios estão divididos, temos que uni-los sobre um só comando somos considerados lideres da Confederação Alemã desde a guerra napoleônica, temos agora o trabalho de unificar todos nossos povos. A Alemanha tem que ser formada por todos aqueles que falam nossa língua não somente por aqueles sobre comando da Prússia, A Prússia não só vai contra nossa unificação como também anula nosso tratado e invadi nossas cidades, tem de haver uma mobilização contra tal estado em pró de nossos interesses e de toda Alemanha. O novo chanceler da Prússia acha que o caminho é somente a guerra, ele pensa somente na expansão de seu estado e não na unificação Alemã em si. Unimos-nos a eles na luta contra a Dinamarca, mas eles não cumpriram sua parte no acordo e após alguns anos declararam guerra contra nosso estado. A derrota foi inevitável, uma vez que o poderio militar prussiano é muito superior ao nosso e tivemos que aceitar a paz através da dissolução da confederação Germânica e passando Schleswig e Holstein para Prússia e de Veneza para Itália. Saímos derrotados é verdade, mas o Império Autro-Húngaro continua grande e poderoso como sempre, esse pequeno tropeço servil apenas para nos estimular ainda mais. Quando nos reerguermos estaremos mais fortes do nunca.

Anúncios

One comment

  1. nao tem nada da pre-guerra da primeira guerra mundial



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: